domingo, 24 de fevereiro de 2008

vazio


Tenho me andado as entir vazia, escura, atada triste... sinto que constantemente nos ultimos tempos tenho acontecido coisas que eu nao consego perceber... pessoas, atitudes, conversas, sentimo tao estranha que nao pareço eu...

será que é algum sinal? sera que tenho que perceber alguma coisa que ainda nao percebi?

sinto-me com vontade de me retrair de tudo e de todos, do mundo, de me isolar num cantinho so meu onde so eu esteja mais ninguem...

preciso de me afastar de tudo das coisas, das pessoas, de mim... preciso de me abstrair e pensar no que realmente quero... mas nao é facil... nao sei o que quero, nao consigo perceber... sinto como nascesse hoje, e que tudo o que vejo é pela primeira vez, tudo o que faço nunca tinha feito antes... tudo me é estranho...

quero perceber o que sinto, o que me esta acontecer, o porque de me sentir triste, o porque de chorar por tudo e por nada, o porque de nao perceber o que se passa á minha volta...


tenho saudades de gostar dos meus amigos, das pessoas, das coisas...

nao quero nem gosto de me sentir assim...

tou completamente sem paciencia para nada, estou fria, magoada, retraida, isolada...


quero sair deste estado de espirito...

nao quero estar assim...

eu tenho medo... tanto medo...

nao quero magoar os outros que gosto como me estou a magoar a mim mesma...


ajudem-me...

2 comentários:

GNG disse...

todos nós temos alturas em que nos sentimos à deriva...

e é nestas alturas em que aparece um vento amigo que nos leva a bom porto :)

Márcio Rodrigues disse...

Oh amiga, não gostei de ver este texto! No entanto, deixa-me dar-te os parabéns por teres escrito isto para todos poderem ver. Eu não seria capaz!...E pelo facto de teres a coragem de exteriorizar o que sentes, já é meio caminho andado para saires dessa situação!
Todos nós, de vez em quando precisamos de estar sozinhos para nos encontrarmos, para ir à essencia do nosso ser. Mas o silêncio "mete medo"!
Querida amiga, precisas de parar para pensar onde reside verdadeiramente o teu problema, tens de ser sincera contigo própria, fala com alguém da tua confiança, lê um bom livro, vais ver que ajuda!...e acredita em ti, cultiva o amor próprio! Sem gostarmos de nós proprios, não vamos conseguir gostar dos outros e daquilo que nos rodeia!... E se precisares, eu estou aqui!
Bjoka gd com mta saudade!**